_________________________________________

_________________________________________
Publicidade

26.4.16

Possível limite na banda-larga pode forçar uma adaptação das rádios on-line

Um dos assuntos mais discutidos no país é a possibilidade de as operadoras de internet adotarem limites para consumo de dados na utilização da internet banda-larga, prática já existente nos pacotes de internet móvel. Apesar de ser uma reivindicação antiga das operadoras, o tema é polêmico e aponta uma tendência contrária do que ocorre no resto do mundo. 

Caso seja limitada a internet para os usuários, o mercado de rádio vai precisar se adaptar com um ouvinte que estará preocupado com o consumo de seus dados. Outro ponto que preocupa é o custo, já que o limite também poderá afetar quem transmite. 

Caso o limite de dados trafegados seja implantado no Brasil, o único ponto positivo para o rádio on-line é vencer uma eventual concorrência com outros serviços de streaming (destaque para os vídeos). A maioria das emissoras brasileiras atua com uma taxa relativamente baixa no streaming, oscilando entre 32kbps a 64kbps (pratica adotada pelo mercado devido a limitação já existente na rede móvel - 3G/4G). Ou seja, o streaming de rádio deverá estar longe dos "vilões" do consumo de dados, tendo o vídeo em alta definição e os jogos on-line como os principais "ladrões" de dados. Porém o limite no consumo de dados passa longe de um cenário ideal para o rádio on-line.

Com um possível limite mensal para os usuários (planos de 160GB a 800GB), as rádios deverão adotar taxas de streaming cada vez mais baixas. Isso poderá influenciar diretamente na compatibilidade dessas tecnologias (caso adote um AAC+ para ter uma qualidade de áudio superior) ou a qualidade do áudio emitido. O consumo seria considerável para aqueles usuários que ficam "pendurados" o dia todo no áudio in-line, uma prática crescente do país. Com o limite, aumenta o custo nas duas pontas, principalmente para aqueles que transmitem os áudios on-line (como emissoras - que precisarão de planos de internet com um elevado limite de dados para manter a transmissão durante 24 horas por dia - como também as empresas de streaming).

Fonte: Tudo Rádio

0 comentários:

Publicidade

Acessos Paises - Últimas Atualizações - Blog dos Radialistas