_________________________________________

_________________________________________
Publicidade

12.4.14

Radialista é ameçado com faca por não tocar música

                   
O fato ocorreu na Emissora 104,1 FM da cidade de Giruá, no Rio Grande do Sul.

O radialista Jair Wathier (foto) teme uma represália por parte do homem que ingressou na sede da estação em que trabalha e ameaçou lhe agredir com uma faca.

Segundo o locutor, o fato inusitado ocorreu no dia 04 de abril em Giruá, no Noroeste do Rio Grande do Sul, quando ele estava no ar e negou um pedido para tocar uma música tradicionalista gaúcha. Ninguém se feriu.

"Tenho medo de que ele possa fazer alguma coisa contra a minha família. Tenho um filho de 3 anos e essa falta de segurança me preocupa", diz Wathier.

A polícia faz buscas ao suspeito

O áudio que foi ao ar pouco depois dos momentos de tensão entre o locutor e o ouvinte mostram que ele pediu ajuda à Brigada Militar .O agressor fugiu do local em um táxi, e até o momento não foi encontrado. Segundo a polícia, ele tem antecedentes por tráfico de drogas. A Polícia Civil investiga o caso.

"Ele veio em minha direção, puxou a adaga dele e tentou me executar. A única coisa que eu pude fazer é dizer: 'por favor não faça uma coisa dessas'. Eu implorei, 'pelo amor de Deus, não faça isso'", contou o locutor, que trabalha há 20 anos na rádio e diz nunca ter presenciado algo parecido.

A confusão começou quando o homem pediu que o radialista tocasse "Corpo Esgualepado", do cantor tradicionalista Xirú Missioneiro. No entanto, outra música foi colocada no ar. Revoltado, o homem invadiu o local e ameaçou Wathier. De acordo com a polícia, apenas duas pessoas estavam na rádio naquele momento: a secretária e o locutor.

"As marcas dos cortes profundos estão aqui na minha mesa, mas as lembranças vão ficar pra sempre na minha cabeça", contou o locutor, enquanto exibia marcas das facadas na mesa (foto abaixo).Wathier conseguiu abrir o áudio do microfone e pediu ajuda. "Para com isso, Chico!", apelou o radialista. Enquanto isso, o agressor gritava: "Está tudo errado. Bagaceira".

Antes de sair do estúdio, o homem desferiu golpes de faca na mesa. Logo em seguida, é possível ouvir Wathier se desculpando aos demais ouvintes da região.

"Que homem louco, o Chico. O cara chegou aqui e puxou uma faca. Pessoal da Brigada [Militar]... Muito bem, o agressor foi embora. Estamos bem, graças a Deus, tivemos um ouvinte que não gostou da música que rolamos, chegou aqui e puxou uma faca. Agora será encaminhada para as nossas autoridades", completou, ao vivo, esclarecendo o ocorrido.

Fonte: Bastidores do Rádio

0 comentários:

Publicidade

Acessos Paises - Últimas Atualizações - Blog dos Radialistas