_________________________________________

_________________________________________
Publicidade

13.1.13

Secretaria de Justiça do Ceará lança rádio livre para penitenciárias na região de Fortaleza


A Secretaria de Justiça e Cidadania do Ceará (Sejus), inaugurou oficialmente nesta quinta-feira (10) a Rádio Livre. O objetivo do projeto é o de ajudar na ressocialização dos presos, além de aproxima-los de quem está do lado de fora da penitenciária. O projeto é inédito no Brasil e inspirado na rádio Freedom do Caribe. Todos os programas serão transmitidos de um estúdio dentro da Secretária de Justiça, das 8 às 17 horas. O sistema de som dos presídios agora é um meio de aproximar os detentos daqueles que estão fora.
De acordo com as informações da Secretaria, profissionais de diversas vão dar dicas de saúde, cultura, entretenimento, tirar dúvidas jurídicas e também irá envolver a participação de familiares dos detentos. O sistema vai abranger cinco unidades prisionais da região metropolitana de Fortaleza. O estúdio foi montado dentro da secretaria de justiça do Ceará, na capital cearense. 
 
O projeto consiste em um estúdio de rádio ligado às unidades penitenciárias, com o intuito de colaborar no processo de reintegração dos detentos e auxiliar os programas da pasta nas áreas de educação, saúde, cultura e direitos humanos. Detentos e profissionais do sistema penal podem participar da programação, solicitando músicas e realizando perguntas aos apresentadores, por meio de caixas de sugestões que ficam nas unidades. 
 
A Rádio Livre gera diversos conteúdos que chegam à população carcerária, por meio de caixas de som instaladas em vivências e corredores das unidades penitenciárias. Atualmente, cerca de 4 mil presos ouvem a programação de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 17 horas, além dos servidores da secretaria que têm acesso à programação na internet.
 
Atualmente, o projeto é desenvolvido para cinco unidades penitenciárias da Região Metropolitana de Fortaleza: Casas de Privação Provisória de Liberdade II, III e de Caucaia; Penitenciária Francisco Hélio Viana de Araújo (Pacatuba) e Instituto Penal Feminino Desembargadora Auri Moura Costa (IPF). A ampliação do projeto prevê a inclusão da CPPL IV e do Instituto Penal Professor Olavo Oliveira II.

Fonte: Tudo Rádio

0 comentários:

Publicidade

Acessos Paises - Últimas Atualizações - Blog dos Radialistas