_________________________________________

_________________________________________
Publicidade

13.1.13

ONG internacional denuncia assassinato de radialista no Brasil


A organização de defesa da liberdade de imprensa Repórteres sem Fronteirasdenunciou nesta quarta-feira o assassinato do diretor da emissora comunitária Barra FM 87.9 de São João da Barra, no estado do Rio de Janeiro, Renato Machado Gonçalves, afirmando que se trata do primeiro assassinato de um jornalista no continente americano neste ano. O jornalista foi baleado por dois indivíduos que circulavam de moto quando saía de sua residência na noite de 8 de janeiro, indicou a RSF, organização com sede em Paris.
Atingido por quatro balas, morreu depois de ter sido levado a um hospital de Campos, acrescentou a RSF em um comunicado. "O motivo do crime ainda não foi determinado, mas o de um roubo parece excluído, e o modo de operação indica claramente uma execução", denunciou a RSF, ressaltando que a "pista profissional deve ser levada em conta na investigação".
 
Depois de saudar a memória de Renato Machado Gonçalves, a organização expressou sua forte "inquietação pela segurança dos jornalistas após um ano particularmente sangrento" para a profissão. A RSF publicará neste mês um relatório sobre a situação da liberdade de informação no Brasil, segundo o comunicado.
 
Segundo testemunhas, Renato morava no mesmo prédio da emissora e já havia deixado o trabalho, quando uma pessoa o chamou em sua residência. Ao sair de casa, ele foi surpreendido por dois ocupantes de uma motocicleta, que efetuaram vários disparos em sua direção. Renato foi socorrido, levado ao Centro de Emergência do município e, mais tarde, encaminhado ao Hospital Ferreira Machado, em Campos dos Goytacazes. Já no hospital, ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Fonte: Tudo Rádio

0 comentários:

Publicidade

Acessos Paises - Últimas Atualizações - Blog dos Radialistas