_________________________________________

_________________________________________
Publicidade

12.8.12

Sistema de rádio digital deve sair até o final do ano

Há muito se discute sobre o padrão que o Brasil deve adotar para a digitalização do rádio. O assunto pode estar com os dias contados. O relator da subcomissão da Câmara dos Deputados, que irá fazer uma indicação do melhor sistema para o Ministério das Comunicações, deputado Sandro Alex (PPS-PR), quer fazer o anúncio no dia 25 de setembro. Dois sistemas estão polarizando a disputando: o europeu (DRM) e o americano (HD Radio).

A promessa do Governo é que o sistema seja anunciado neste segundo semestre de 2012. A mesma promessa havia sido feita pelo então presidente Lula, em 2010, meses antes do pleito que elegeu a atual presidente, Dilma Roussef. À época, o então ministro das Comunicações, Hélio Costa, havia confirmado que o padrão seria escolhido ainda no primeiro semestre de 2010, já que iria deixar o cargo para a disputa do governo de Minas Gerais.
A posse do novo ministro, Paulo Bernardo, fez com que o prazo prometido fosse alterado devido a várias irregularidades na pasta, que foram denunciadas pelo jornal Folha de S.Paulo. Houve então a retomada dos estudos de viabilidade técnica dos padrões que se estende até hoje.


Porém, o relator da subcomissão da Câmara dos Deputados, deputado Sandro Alex (PPS-PR), quer fazer o anúncio do novo padrão no dia 25 de setembro. Os sistemas que estão liderando as intenções são o americano e o europeu. O sistema japonês não se qualificou porque ainda não foi implantado no país de origem. Já outro sistema europeu, o DAB, foi deixado de fora porque separava o produtor de conteúdo do transmissor em duas entidades diferentes.


Segundo Alex, a decisão irá beneficiar o sistema que for melhor para a banda AM. “Se contemplarmos o AM, contemplaremos todos”, comentou. A decisão em torno do sistema de rádio digital está sendo monitorada de perto pelas mais de 10 mil emissoras brasileiras, mas Sandro Alex está mais atento ao ouvinte. “Quero uma decisão benéfica para os ouvintes, radiodifusores, etc. Mas, principalmente, quero contemplar o ouvinte. O brasileiro ama rádio. E essa tecnologia vai viver uma nova fase nos próximos anos”, ressaltou.


Fonte: Tudo Rádio

0 comentários:

Publicidade

Acessos Paises - Últimas Atualizações - Blog dos Radialistas